Reeducação Respiratória – parte 2 – respiração intercostal

A respiração intercostal ou medial, consiste em dilatar a região medial dos pulmões. Essa respiração é caracterizada pelo movimento de afastamento lateral das costelas.

Esta requer um pouco mais de treinamento e atenção para ser recuperada, mas ainda sim, é fácil.

O padrão é o mesmo que na respiração abdominal. Todas as vezes que o ar entrar, esta região deve dilatar-se, ao sair, contrai-se.

Lembre-se, a respiração é exclusivamente nasal, silenciosa, profunda e consciente. Mais a frente, quando passarmos a executar pránáyámas (técnicas respiratórias avançadas), agregaremos outros fatores importantes a respiração.

Treinamento

Prática

Depois de escolher a melhor posição para o seu conforto:

  1. Feche os olhos para facilitar a concentração e a observação dos movimentos internos;
  2. Apoie as mãos sobre as costelas, exatamente sob a linha do peito, de forma que os cotovelos fiquem apontados para fora; será natural sentir cansaço nos braços;
  3. Comece com uma profunda expiração, pressionando as mãos contra as costelas, empurrando-as para o centro;
  4. Inspire, fazendo com que as costelas passem a empurrar as mãos para os lados, mantenha ainda uma leve pressão das mãos;
  5. Evite movimentar o abdômen e o peito, concentre todo o ar na região medial;
  6. Mantenha-se consciente dos movimentos dos orgãos e músculos responsáveis pela respiração, e da entrada e saída de ar;
  7. Explore os extremos, inspirando o máximo de ar, e puxando a barriga bem para dentro;
  8. Enriqueça a experiência, visualizando uma luminosidade dourada sendo absorvida a cada inspiração, interpenetrando toda a região em que está o seu foco; mentalize o movimento dos pulmões, das costelas e dos músculos;
  9. Se for conveniente, suporte o treino com músicas (sugestões) que induzam ao aquietamento consciente;
  10. Quando puder perceber com facilidade o movimento sem a ajuda das mãos, descanse os braços.

Notas

Essa é um pouco mais complicada que as outras, mas nada de impossível. Tente, tente, tente, até que um dia saia. Procure penetrar cada vez mais com sua consciência no que está fazendo, observe, localize a atenção e mentalize. Tudo isso ajudará. Persista, regra de sucesso para qualquer coisa.

Erro comum é confundir a respiração intercostal com a peitoral, já que a segunda também produz um movimento das costelas, mas enquanto este é ascendente, a respiração medial é nitidamente lateral.

Há mais três publicações que completam este treino: respiração abdominal, peitoral e completa. Depois um resumo geral.

Compartilhe, divulgue, conecte-se.

Dúvidas e sugestão, poste nos comentários.

Alan Hecktor

SwáSthya Personal Trainer | Lifestyle Coach

Posts relacionados Reeducação Respiratória

parte 1 – respiração abdominal

parte 3 – respiração peitoral

parte 4 – respiração completa

Resumo

Anúncios

  1. Pingback: Reeducação respiratória – parte 3 – respiração peitoral « Alan Hecktor.com

  2. Pingback: Reeducação Respiratória – Resumo « Alan Hecktor.com

  3. Pingback: Reeducação respiratória – parte 4 – respiração completa « Alan Hecktor.com

  4. Pingback: Reeducação respiratória – parte 1 – respiração abdominal « Alan Hecktor.com

  5. Alan Hecktor - SwáSthya Personal Trainer and Lifestyle Coach

    Reblogged this on Alan Hecktor.com.

    Curtir

  6. Pingback: Reeducação Respiratória – parte 2 – respiração intercostal « Alan Hecktor.com « SwáSthya, Diário de Práticas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: