Treinamento de Foco – Desjejum

Uma maneira interessante de treinar a concentração é ao desjejum. Para tanto, reserve ao menos uma das refeições do dia para fazer este exercício de preferência sozinho. Ou, se compartilhar com uma pessoa, que esta seja mais íntima e passe a explorar o treinamento junto.

Evite fazer em público, pois as refeições são momentos gregários. E pode parecer estranho aos que não tiverem conhecimento do que está praticando.

A prática consiste em saborear o alimento em silêncio, concentrado no ato. Explore desde a aparência à riqueza de aromas, sabores, tempêros e texturas que se revelam ao longo do processo, feche os olhos enquanto mastiga. Conte 30 mastigadas, atento enquanto o alimento se desfaz, mesmo que já tenha virado líquido em sua boca, conte 30x.

Faça sem pressa, o que não quer dizer lento; concentre seus pensamentos na ação, observe os detalhes. Dispa-se da analise e julgamento, explore o momento sem a preocupação com o término, ou com os compromissos posteriores. Uma vez que tenha determinado que aquele momento é o da sua refeição, mais nada do seu universo interessa, aprecie-o plenamente.

Resultados extras

Uma vez que sua consciência se amplia e o alimento chega da forma como realmente deve ao estômago, perceberá a saciedade da fome bem antes do que de costume.

Se continuar comendo, pergunte-se o por quê.

Com o processo digestivo facilitado, a melhor absorção de nutrientes e a redução da quantidade de alimento ingerido, poderá se beneficiar com o ajuste do seu peso corporal e o aumento da saúde.

É natural que tal observação possa causar náusea por alguns alimentos. Procure então optar por alimentos que lhe proporcione mais prazer e satisfação.

Ampliará sua sensibilidade para o paladar, enriquecendo suas experiências.

Conceito

O que deve registrar dessa prática e ampliar para o restante das atividades do seu cotidiano é o realizar consciente e concentrado, focado. Aplique essa intenção em cada ação. Determine o prazo para a feitura, busque terminar antes. Uma vez isso feito, dispense a preocupação com as outras tarefas da agenda. Ao final, se for preciso, aumente o prazo, mas evite o mau hábito de prolongar por tempo indeterminado. É mais fácil quando se tem metas bem definidas.

Conheça e aceite suas limitações momentâneas, se não há o que fazer sobre os outros compromissos, não se de o trabalho de se preocupar com eles, enquanto não chega o momento deles. Ganhará com isso uma prazerosa sensação de alívio, percebida senão ao longo do processo, ao menos no final.

Com o tempo, quanto mais concentração tiver, maior será sua habilidade de resolver mais de uma questão por vez, mas só o faça se for estritamente necessário.

Transforme toda ação em um exercício de aprimoramento pessoal, seja qual for a atividade em questão, treine o fazer bem-feito, já que é pra fazer, faça com primor.

O fazer bem-feito é uma habilidade que deve ser exercitada para se aprimorar, comece com pequenas coisas e migre para as maiores, logo será da sua natureza fazer tudo melhor e mais rápido, com eficácia e qualidade reconhecida.

Evite a parada para o café, para o cigarro, o lanche fora de hora, a consulta as redes sociais a cada 5min… Tudo não passa de uma necessidade de distração da mente, exclusivamente da mente, não sua. Cada vez que se pegar caíndo nessa armadilha, recue, respire e reajuste o foque. Afinal, quem está no comando. Assim como as tarefas da sua agenda reserve um tempo apropriado para estas distrações para o relax, mas cheque o que realmente é necessário ou apenas um necessidade perniciosa.

Ao final de um dia poderá alegrar-se de ter acumulando mais lucidez, concentração e a satisfação de saber que fez um bom trabalho. E o bem-estar de um dia mais leve e produtivo.

Leia ainda os posts relacionados, há informações que complementam a ideia.

Alan Hecktor

SwáSthya Personal Trainer | Lifestyle Coach

Posts relacionados

O Foco e o Bem-Estar

Determine um prazo para cada tarefa

Anúncios

Um Comentário

  1. Alan Hecktor - SwáSthya Personal Trainer and Lifestyle Coach

    Reblogged this on Alan Hecktor.com.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: